Dando início a uma série de depoimentos de jovens cientistas, o Boletim Ciência entrevistou a mestranda do Programa de Tecnologia Nuclear IPEN-USP Ana Gabryele Moreira. O programa pode ser visto no canal Saúde no YouTube

O programa Boletim Ciência, produzido pelo Canal Saúde, divulgará durante o mês de fevereiro uma série de entrevistas relacionadas à trajetória de jovens pesquisadoras por conta da celebração, no dia 11 de fevereiro, do Dia Internacional das Mulheres e Meninas nas Ciências.

Abrindo a série, a física médica e mestranda do Programa de Tecnologia Nuclear do IPEN-USP, Ana Gabryele Moreira, foi entrevistada por Neide Diniz. No programa, Moreira comenta sobre sua trajetória desde Salvador, BA, onde nasceu, suas perspectivas na carreira e sobre a necessidade de políticas públicas e representatividade de mulheres pretas na ciência.

Moreira está na fase final de seu mestrado no Centro do Reator de Pesquisa (CERPQ) do IPEN, com orientação do físico Frederico Antonio Genezini. Ela é coautora, junto Priscila Rodrigues, Karoline Suzart e Nelida Lúcia Del Mastro, de uma pesquisa sobre o perfil sociocultural das mulheres que atuam no IPEN-CNEN. É também membro da Women in Nuclear Brasil (WiN), capítulo nacional da Women in Nuclear Global, entidade que estimula a participação feminina nas atividades da área nuclear. Moreira foi uma das 100 alunas de mestrado, representantes dos cinco continentes, a receber bolsa de estudo pelo Programa Marie Sklodowska-Curie, patrocinado pela Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA).

O Canal Saúde é um veículo de comunicação do Sistema Único de Saúde (SUS), criado e gerido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O programa foi ao ar, ao vivo, em 7 de fevereiro de 2022 mas pode ser assistido no link:

https://www.youtube.com/watch?v=63Gk2Y6AKcc