O primeiro seminário do NATS IPEN será em 5 de maio, quinta-feira, às 18h30, com transmissão pelo YouTube

O Núcleo de Avaliação em Tecnologias em Saúde (NATS) do IPEN-CNEN inicia a série de seminários prevista para 2022 discutindo o tema "Da bancada ao paciente: o exemplo das tecnologias baseadas em radiofármacos”.

Participam do seminário as doutoras Marina Bicalho, do Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN-CNEN) e Lorena Pozzo (IPEN-CNEN). A mediadora será a Dra. Fotini Toscas, do Instituto de Saúde (SES).

Lorena Del Pozzo, coordenadora do NATS-IPEN, comenta que "o objetivo deste seminário é explorar o caminho a ser percorrido pelos diferentes atores envolvidos no cuidado do paciente para expandir o acesso a procedimentos baseados no uso da tecnologia de radiofármacos no Sistema Único de Saúde, SUS”.

O evento acontece em 5 de maio, quinta-feira, às 18h30, no canal do NATS IPEN pelo Youtube.

Acesse a transmissão

Sobre as participantes

Moderadora: Dra. Fotini Toscas - Instituto de Saúde SES/SP
Servidora pública da Carreira de Pesquisador Científico no Núcleo de Análise e Projeto de Avalição de Tecnologias em Saúde (NAPATS). Coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do Instituto de Saúde. Docente da disciplina "Avaliação de Tecnologias em Saúde” do curso de especialização em Saúde Coletiva SES/SP. Membro do Comitê de Ética de Pesquisas Clínicas do Instituto de Saúde. Atuou, de 2010 até 2020, como consultora técnica no Ministério da Saúde. Experiência em análise técnica das propostas de projetos de investimentos em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) em dispositivos médicos. Participação na elaboração, acompanhamento e avaliação de editais nacionais de fomento para o desenvolvimento e inovação no campo de dispositivos médicos. Participação nas avaliações e estudos técnicos setoriais de dispositivos médicos. Apoio na realização de estudos de pós-mercado e pós-incorporação dos equipamentos médico-assistenciais. Levantamento e pesquisas exploratórias nos sistemas informatizados do Ministério da Saúde para mapear a oferta dos equipamentos médico-assistenciais. Participação nas dinâmicas de estudos de dispositivos médicos em todo o ciclo de vida tecnológico. Atuou como assessora da Direção do extinto DECIIS - SCTIE, assessorando diretamente nas competências para a formulação de programas e ações para induzir o desenvolvimento tecnológico, transferência de tecnologia, produção e inovação em insumos estratégicos. Participou das ações de execução do Plano de Expansão da Radioterapia do SUS, do Programa de Fomento ao Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde (PROCIS), nas Parcerias para Desenvolvimento Produtivo (PDP) e nas elaborações de lista de produtos estratégicos, no âmbito de dispositivos médicos. Participou da criação e atualização da RENEM - Relação Nacional de Equipamentos e materiais permanentes financiáveis pelo SUS quanto à configuração permitida e não permitida, especificação e preço sugerido, nomenclatura, aplicabilidade, definição, classificação, sinônimos, desmembramentos por tecnologias e precificações distintas. Participou da elaboração e aplicação de rotinas para análise de Incorporação de novas tecnologias e desincorporação de equipamentos médico-hospitalares de apoio e infraestrutura na RENEM. Atuou na implementação das rotinas do SIGEM - Sistema de Gerenciamento dos Equipamentos e Materiais Permanentes financiáveis pelo SUS. Participou das atividades para elaboração, acompanhamento de pesquisa mercadológica, pesquisa em bibliografia técnica especializada para subsidiar análise de propostas do Ministério da Saúde. Participou da implementação e institucionalização do Programa de Cooperação Técnica (PROCOT) do Ministério da Saúde, para atualização tecnológica médico-hospitalar.

Dra. Marina Bicalho - CDTN CNEN-MG
Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestrado e doutorado em Ciência e Tecnologia da Radiações pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN-CDTN). Atualmente é Tecnologista Pleno do Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), atuando na produção e controle de qualidade de radiofármacos PET. Envolvimento com Sistema de Gestão da Qualidade, Boas Práticas de Fabricação e Registro de radiofármacos. Atuação em pesquisa, Desenvolvimento e implementação de novos radiofármacos PET, com experiência em ensaios pré-clínicos de radiofármacos que vão desde estudos in vitro até estudos de imagem molecular com modelos animais.

Dra Lorena Pozzo - IPEN CNEN-SP
Atualmente é pesquisadora junto à Coordenação de Pesquisa, Desenvolvimento e Ensino (COPDE), do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e coordenadora do Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS IPEN) da mesma instituição, reconhecido pela Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde do Ministério da Saúde (REBRATS/MS). Foi professora doutora MS-3 do Instituto de Física Gleb Wataghin, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde ajudou a consolidar o curso de graduação em Física Médica. Doutora em Ciências (Física aplicada à Medicina Nuclear) pela Universidade de São Paulo (2005), mestre em Ciências (Física aplicada à Medicina Nuclear) pela UNICAMP (1998) e Graduada em Física pela UNICAMP (1995). Tem experiência na área de Física aplicada à Medicina, com ênfase em Medicina Nuclear. Hoje atua principalmente na área de Avaliação de Tecnologias em Saúde, especialmente em oncologia.