Quatro pesquisadores do IPEN/CNEN estão em Vienna, Áustria, para apresentação de trabalhos na Second International Conference on Applications of Radiation Science and Technology – ICARST 2022 (Segunda Conferência Internacional sobre Aplicações da Ciência e Tecnologia da Radiação, em tradução livre). Financiado pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), o evento começou nesta segunda-feira, 22, e termina na sexta-feira, 26.

Pablo Vásquez, Solange Sakata, Yasko Kodama e Wilson Calvo, todos vinculados ao Centro de Tecnologia das Radiações (CETER) do IPEN/CNEN são os representantes do Instituto. Vásquez também integra o Comitê Científico do ICARST e é o pesquisador com o maior número de trabalhos a apresentar, cinco no total. O pesquisador é responsável pela linha de pesquisa para preservação de objetos de patrimônio cultural e pelo Irradiador Multipropósito de Cobalto-60 do CETER.

O ICARST é uma conferência internacional promovida a cada quatro anos pelo Departamento de Ciência e Aplicações Nucleares da AIEA e tem como objetivo de promover o intercâmbio de informações e a troca de experiência entre pesquisadores e profissionais do setor nuclear de todo o mundo, no que se refere às aplicações da tecnologia nuclear nos mais diversos segmentos, entre eles, a preservação de acervos culturais, uma área na qual o IPEN/CNEN é muito atuante e reconhecido internacionalmente.

Os cinco trabalhos de Vásquez são (1) Desenvolvimento de uma metodologia para a conservação de negativos de chapas de vidro fotográficos históricos com processamento por radiação ionizante; (2) Aplicações de emergências de processamento de radiação para descontaminação de equipamentos de proteção individual na pandemia de COVID-19 – a experiência brasileira; (3) Mais que veneno: acervos contaminados do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE-USP); (4) Novas tendências e aplicações das radiações ionizantes para a preservação de materiais tangíveis do patrimônio cultural e (5) O que poderia acontecer além do uso de radiação em herança cultural.

Calvo apresentará dois trabalhos: (1) Desenvolvimento de um Sistema de Irradiação para produção de radioisótopos gasosos e da Perfilagem Gamma Tomográfica 2-D para solução de problemas em processos industriais no Brasil e (2) Desenvolvimento e construção de um Acelerador de Feixe de Elétrons Móvel para tratamento de reciclagem de efluentes industriais no Brasil.

Sakata e Kodama apresentarão um trabalho cada, respectivamente "Óxido de Grafeno reduzido obtido por radiação gama para a produção de biossensores de glicose” e "Efeitos da dose absorvida de radiação gama no enxerto de VBC em filmes de LDPE e no desempenho de células de combustível de membrana de troca aniônica” (ver abaixo os títulos originais de todos os trabalhos, no inglês).

"Temos muito orgulho dos nossos pesquisadores que nos representam em diferentes fóruns acadêmicos e científicos, mostrando a excelência das pesquisas do IPEN e ao mesmo tempo divulgando o Instituto para o mundo. Na conferência ICARST, são trabalhos de extrema relevância para o País, que vão ao encontro das propostas da Agência Internacional, dentre eles, melhorar a saúde humana e a segurança alimentar, contribuir para a preservação do patrimônio cultural e do nosso meio ambiente”, disse Isolda Costa, diretora substituta do IPEN/CNEN.

Todos os projetos apresentados são financiados pela AIEA, assim como a participação dos pesquisadores na Conferência. Para que houvesse maior número de profissionais da ciência e da indústria, a AIEA buscou parcerias junto a instituições e programas internacionais com atuação e/ou interesse no tema. No caso da América Latina, foi articulada parceria entre o Departamento de Cooperação Técnica da AIEA e o Acordo Regional de Cooperação para a Promoção da Ciência e da Tecnologia Nucleares da América Latina  (ARCAL), do qual o Brasil é signatário.

Sobre o ICARST
O sucesso da primeira ICARST, em 2017, motivou a AIEA a partir para esta segunda edição. Dois conceitos básicos definem essa conferência: o primeiro é a oportunidade de rever os principais desenvolvimentos nas aplicações da ciência e tecnologia da radiação, bem como o "estado da ciência" neste campo, e também as iniciativas nacionais, regionais e globais para a implementação de aplicações industriais comprovadas que levam a benefícios socioeconômicos e fortalecem a capacitação nos Estados Membro da AIEA.

A outra motivação é que a conferência possa servir como uma plataforma composta por meio da qual a indústria e a academia podem fomentar novas iniciativas para garantir o sucesso das tecnologias de radiação no enfrentamento dos desafios emergentes em várias áreas.

Os trabalhos do IPEN/CNEN

Pablo Vásquez:
· Development of a methodology for the conservation of historical photographic glass negatives with ionizing radiation processing;
· Emergency applications of radiation processing for decontamination of personal protective equipment in the COVID-19 pandemic – Brazilian experience
· More than poison: contaminated collections at the Museum of Archeology and Ethnology (MAE-USP)
· New trends and applications of ionizing radiation for the preservation of tangible cultural heritage materials
· What can go beyond the use of cultural heritage

Wilson Calvo:
· Development of an Irradiation System for production of gaseous radioisotopes and of a Tomographic 2-D Gamma Scanning for industrial process troubleshooting in Brazil
· Development and construction of a Mobile Electron Beam Accelerator for industrial effluent recycling treatment in Brazil

Solange Sakata
· Reduced graphene oxide obtained by gamma radiation for the production of glucose biosensors

Yasko Kodama
· Effects of gamma radiation absorbed dose on VBC grafting onto LDPE films and on anion exchange membrane fuel cells perfomance